Coroas

0 que é coroa?
É o nome que se dá a uma prótese que visa substituir a coroa de um dente natural que foi prejudicada em sua estrutura e em sua beleza.

É necessário desgastar o dente para confeccionar uma coroa?
Sim. Somente dessa maneira se obtém espaço suficiente, em torno de 1,8mm, para a confecção de uma coroa semelhante à forma e ao tamanho de um dente natural.

Quais os tipos de materiais utilizados?
Porcelanas e resinas especiais. Podem ser feitas com porcelana pura, podemos utilizar estruturas internas de metal para aumentar a resistência, no caso das metalocerâmicas, mas também existem outras técnicas, que possibilitam ótimos resultados estéticos e boa resistência, caso dos Inceram, Procera e outros.

Qual a diferença entre resina e porcelana?
A resina é um material de manuseio mais simples que a porcelana. Apresenta um maior desgaste com o tempo e a alteração da cor também é maior. A porcelana apresenta maior dureza e estabilidade de cor e oferece melhor resultado estético.

Há riscos de fraturas?
A coroa artificial, quando bem executada, corre os mesmos riscos que os dos dentes naturais, estando exposta aos mesmos acidentes. Os cuidados devem ser iguais aos tomados com os dentes naturais.

E necessário tratar o canal de um dente que irá receber uma coroa?
Sempre que possível, deve-se evitar o tratamento de canal. Embora, em algumas situações é necessário o tratamento do canal, para que seja instalado um pino metálico (núcleo), a fim de aumentar a resistência do dente e para reter a coroa artificial, ou mesmo uma prótese fixa.

Enquanto a prótese é feita no laboratório, o que se usa sobre os dentes desgastados?
Coroas provisórias de acrílico, que são executadas imediatamente e colocadas sobre os dentes desgastados, suprindo as necessidades estéticas e funcionais. Essas coroas provisórias depois serão removidas e substituídas pelas coroas definitivas.

Como a coroa é fixada ao dente?
Sobre o dente desgastado ou em nos pinos colocados no interior do canal do dente, que será fixada com cimentos específicos que, além de aumentarem a retenção, irão promover o vedamento das margens entre a coroa e o dente.

Qual o motivo do escurecimento próximo à gengiva?
Muitas vezes, esse escurecimento é causado pela transparência dos tecidos gengivais que, por serem finos, mostram a sombra de uma raiz escurecida, geralmente pelo tratamento de canal. Outras vezes, é a cinta de metal que, por falha técnica, ficou visível, ou então quando corre os um afastamento gengival expondo a área da emenda entre a coroa artificial e o dente, nestes casos a substituição é necessária.

Quanto tempo dura uma coroa?
A durabilidade dependerá, por parte do profissional, da acertada indicação, execução e escolha do material, mas principalmente por parte do paciente, através dos cuidados com a higienização e a utilização dessa prótese. Não existem prazos definidos de longevidade, por depender de inúmeros fatores, mas uma avaliação periódica pode ajudar na prevenção.

voltar